Desmatamento do Cerrado aumentou 9% em um ano e atinge o Piauí

Votos de utilizador:  / 0

O desmatamento do Cerrado no Brasil aumentou cerca de 9% em 2017 comparado a 2016, o que significa dizer que metade desse bioma que sempre existiu já desapareceu. Parte da vegetação do Piauí é composta pelo Cerrado e isso significa dizer que o estado também está perdendo, aos poucos, como todo o resto do país, parcela significativa do seu bioma natural. 

No total, 7.408 quilômetros quadrados da vegetação foram convertidos para pastagens e soja. As informações são de artigo publicado por um grupo de dez pesquisadores brasileiros na revista Nature Climate Change e divulgado em reportagem do Estadão dessa sexta-feira (13). O texto analisa o que os autores chamam de “ameaça das barganhas políticas para a mitigação climática do Brasil”. 

Segundo a reportagem, a previsão apontada no estudo - considerado o levantamento dos dados feitos ao longo dos anos - é que o desmatamento só se prolifere. Uma das justificativas para o aumento da devastação, conforme a matéria, é tanto a inoperância das políticas públicas governamentais anti-devastação quanto de preservação ambiental. 

O aumento da perda florestal provocada pelo desmatamento no Brasil implica no aumento da emissão de gases tóxicos na Camada de Ozônio. Em consequência, a Camada é destruída gerando maior contribuição do país para o aquecimento global.

Quanto ao Cerrado, ele é o segundo maior bioma da América do Sul, ocupando uma área de 2.036.448 km2, cerca de 22% do território nacional. A sua área contínua incide sobre os estados de Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia, Maranhão, Piauí, Rondônia, Paraná, São Paulo e Distrito Federal.

 

Lyza Freitas (Com informações do Estadão)
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Divulga programação de cursos e oficinas na ExpoCorrente

Votos de utilizador:  / 0

Em sua 43ª edição a Expocorrente, irá reunir criadores de bovinos, caprinos e ovinos, locais e de outros estados, para expor, comercializar, fazer parcerias, trocar experiências e aprimorar conhecimentos. A programação inclui também leilões, julgamento de raças, exposições, cavalgadas e vários minicursos promovidos por mestre e doutores de instituições de ensino e servidores de órgãos público, com importantes e relevantes temas para a melhoria da qualidade do rebanho, e o melhor, todos abertos aos público e gratuitos. 

Confira os cursos e oficinas ofertados:

Fonte - Gecom

 

 

Pesquisa consagra Rádio Cerrado como a mais ouvida

Votos de utilizador:  / 1

Gutão - Campeão de audiencia

A emissora da fundação Onésimo Nogueira outra vez se consagra como a mais ouvida.

Um levantamento feito nos bairros e zona rural de Corrente confirmou a liderança absoluta .

 

 

 “Demonstra em números a credibilidade e confiança alcançada pelos profissionais, que fazem a alegria de milhares de ouvintes todos os dias.  A marca representa uma grande responsabilidade e ao mesmo a renovação do entusiasmo da equipe. Esta conquista é o retorno de grande dedicação de todos os colaboradores e funcionários”  Assim descreveu o diretor da emissora Candido Rodrigues.    

 

 

Fonte - Corrente é Notícia

"Fiquei honrado, mas não serei candidato a deputado estadual." Diz Gutão

Votos de utilizador:  / 0

A afirmação do presidente da Câmara de Vereadores de Corrente Raimundo Augusto (Gutão) do PSB,  foi em seu programa na Rádio Cerrado na manhã desta segunda-feira.

“Recebí o convite. Isso muito me honrou. A possibilidade de ser candidato a deputado repercutiu positivamente, porem é preciso avaliar várias situações. Antes de tudo ouvir a família, depois analisar outros pontos como os compromissos já feitos, eu com amigos  e eles comigo,  o tempo para organizar toda estrutura necessária, entre outras questões. Na hora certa, vai dar certo.” Afirmou.

Professor correntino morre em Barreiras - Bahia

Votos de utilizador:  / 0

Conhecido em Corrente como  João de Duqueza recebe homenagens com honrosas referências pelo seu desempenho como professor.  Vejam a nota da prefeitura municipal de Barreiras.

É com grande tristeza que a Secretaria de Educação manifesta profundo pesar pelo falecimento do Professor João Rocha de Santana, que faleceu na manhã dessa quarta-feira (27) no Hospital do Oeste.
 
 
 
O Professor João era solteiro, natural da cidade de Corrente – PI, servidor selecionado do Município de Barreiras e deixa um legado memorável enquanto professor da rede municipal de ensino. Trabalhou em diversas escolas, atualmente era colaborador no Colégio Municipal Profª Cleonice Lopes e no Alberto Amorim.
 
 
 
A Secretaria Municipal de Educação fará uma celebração a partir das 18h no Memorial Senhor do Bonfim, em seguida o corpo será levado para a cidade de Corrente do Piauí onde o corpo será velado e sepultado.
 
 
 
Nesse momento de dor, boas lembranças e saudades, nos unimos aos familiares, amigos e colegas de profissão para prestar nossa solidariedade, rogando a Deus que conforte seus corações.
 
 
 
Barreiras, 27 de junho de 2018.
 
Fonte - Prefeitura de Barreiras

Sebastião Barros e mais nove municípios tem mais eleitores que habitantes

Votos de utilizador:  / 0

Um estudo realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que o Piauí possui dez cidades com mais eleitores do que habitantes. Na lista aparecem Nazária, Novo Santo Antônio, Aroeiras do Itaim, Jatobá do Piauí, São Félix do Piauí, Coivaras, Pau D'Arco do Piauí, Sebastião Barros, Bocaina e Miguel Leão.

Das cidades piauienses a maior discrepância foi registrada em Nazária, que possui um eleitorado de 10.168 pessoas e população de 8.425 habitantes, totalizando uma diferença de 1.743 pessoas. Em seguida está Novo Santo Antônio com eleitorado de 3.786 pessoas e população de 2.940 habitantes, uma diferença de 846.

Em todo o Nordeste, segundo a CNM, em 52 cidades há mais eleitores que habitantes. O Rio Grande do Norte é o estado que apresentou mais cidades, seguido da Paraíba com, respectivamente, 16 e 12 municípios. 

De acordo com o estudo, a explicação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as discrepâncias consiste na distinção entre domicílio eleitoral e domicílio civil. Enquanto o chamado domicílio civil é mais restrito por limitar-se à residência na qual se anseia permanência definitiva, o domicílio eleitoral é aplicado de forma mais flexível, abarcando a localidade na qual o eleitor comprova residência acrescida de envolvimentos afetivos, familiares e sociais. Dessa forma, é possível o cidadão morar em uma cidade e votar em outra, sem que isso se configure fraude. 

"Consequentemente, nos Municípios com maior atividade econômica ou produtiva, é normal que haja um incremento no quantitativo de eleitores, de forma a superar a população residente", informa a CNM.

Menor eleitorado

O estudo traz ainda as cidades com menor eleitorado na região no Nordeste. Em primeiro aparece Miguel Leão com 1.284 eleitores, seguido de Santo Antônio dos Milagres (1.664) e Porto Alegre do Piauí (1.781).

Maiores

Dos dez municípios com os maiores números absolutos de eleitores em 2018, nove são capitais. Salvador, com 1,7 milhões de eleitores, representa 4,54% da Região Nordeste. Teresina aparece em 7º com 552.063, 1,42% dos eleitores da região.

Hérlon Moraes
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top