POLICIA

Mantida prisão de ex-diretor da Petrobrás

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

 

O juiz federal Sergio Moro decidiu, na noite desta terça-feira (18), que a prisão temporária do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e de mais cinco suspeitos fosse convertida para prisão preventiva e que 11 pessoas fossem colocadas em liberdade imediatamente. Todos foram soltos entre as 22h35 e as 23h desta terça.

Com a decisão da Justiça Federal do Paraná, a prisão preventiva, que ao contrário da temporária pode se estender por prazo indeterminado durante o processo, foi decretada para:

- Renato Duque (ex-diretor de Serviços da Petrobras)
- Ricardo Ribeiro Pessoa (presidente da UTC)
- José Aldemário Pinheiro Filho (presidente da OAS)
- Mateus Coutinho de Sá Oliveira (funcionário da OAS, em São Paulo)
- João Ricardo Auler (presidente do Conselho de Administração da Camargo Côrrea)
- Dalton Santos Avancini (presidente da Camargo Côrrea)

 

Fonte - G1

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top