ESPORTE

Escuridão impede finalização de cobranças de penaltes em semifinal do campeonato cristalandense

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

Foi um jogo confuso desde o seu início. Mal havia começado e a arbitragem já era “destaque”. 

O árbitro Nizomar expulsou o meia Tarso do Comercial por reclamação. Um craque já não seria visto em campo  no restante do jogo.

Ao meu ver faltou paciência ao árbitro e o atleta Tarso confiou demais em insistir na reclamação. Já tinha cartão amarelo, tomou o vermelho.

O jogo continuou e por incrível que pareça, equilibrado, até que em jogada trabalhada em frente a grande área do Comercial, Adenisson  pegou de primeira fazendo um golaço. O Piauí pulou à frente no placar.

Na volta para o segundo tempo o Piauí esteve melhor até aproximadamente 30 minutos de jogo, mas nos momentos finais da partida, o Comercial passou a pressionar.  

O Comercial melhorou após a  entrada do experiente Mário. Ele faria o gol de empate, anulado pelo bandeirinha, acusando impedimento.

Houve princípio de tumulto, uma quase briga, mas com a intervenção da polícia, a situação se acalmou e o jogo  continuou.

Ainda haveria interferência da arbitragem na partida. Um pênalti inexistente  foi confirmado pelo bandeirinha, o mesmo que havia anulado um gol do Comercial. Mário  empatou  a partida.

Penaltes

Nas cobranças de penalte o empate persistiu após a primeira serie com 5 cobranças para cada lado.

Após 16 cobranças e a permanência do empate, o árbitro resolveu encerrar o jogo.

Os organizadores da competição ficaram de decidir o que fazer. Vejam as possibilidades em discussão;

Uma nova partida, prorrogação com dois tempos de 15 minutos ou somente cobranças de penaltes.

 

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top