Familias Louzeiro, Araújo e Pinheiro realizam encontro em Corrente

Votos de utilizador:  / 1
FracoBom 

A grande confraternização aconteceu domingo (7) no Clubão dos Amigos e foi marcado por reencontros  e desejos de harmonia e  busca constante pelo perdão,  com o objetivo de preservar  a boa convivência entre parentes.

O texto a seguir diz tudo da importância deste encontro.

 

 

Qual a origem da Família Louzeiro? Dados Segundo Dr. Jesualdo Cavalcante Barros no Livro Memória dos Confins na parte eróis e jagunçus traz um breve relato sobre os Louzeiros radicados no Sul do Piauí.

 

- Socialmente, à época, o Status Quo de uma família era simbolizado por meio de um Brasão e, que com base nas pesquisas realizadas por meio da Internet, o Brasão da Família Louzeiro, radicada no Sul do Estado do Piauí, por volta de 1790, não foi encontrado.

 

- Atualmente, segundo dados encontrados no Memorial, Livro escrito por Dr. Jesualdo Barros Cavalcante: Corrente é a Capital da Agropecuária.

 

- Origem da Família Louzeiro: Portuguesa com descendência Francesa.

 

- Os primeiros desbravadores da Região Sul do Piauí:  Luiz Pedro De Seixas Louzeiro e o seu companheiro João Lopes da Cunha, chegaram ao Sul do Estado do Piauí, em 1790 – há mais de 200 anos.

- Sendo os primeiros a se instalarem na região do Riacho Grande, mais precisamente no lugar que tinha o nome de Boqueirão Dos Côcos, à época e que é território hoje pertencente a Corrente, antes era do município de Parnaguá, compreendendo quase todo o sul do Piaui.

- Esses 02 (dois) desbravadores, vieram de Caxias do Maranhão, fugindo das Perseguições Francesas.

Logo que chegaram ao povoado Riacho Grande dos Côcos se casaram e construíram uma das maiores famílias da região e formaram grandes fortunas.

- Luís Pedro se casou com uma mulher chamada Antônia (Da Cunha Ribeiro) e tiveram 15 filhos e,

 

- João Lopes se casou com uma outra mulher, chamada de Porcedônia (Vieira Mascarenhas) e tiveram 18 filhos.

 

Observação, segundo dados extraídos do referido memorial, não se sabe ao certo, quais os sobrenomes das duas esposas.

 

- De acordo com as pesquisas realizadas, em 1839, surgiu o movimento da balaida que explodiu o Município de Paranaguá e Luís Pedro De Seixas Louzeiro, participou, ativamente, desse movimento.

- Em consequência desse movimento, em 1872, Corrente foi politicamente, emancipado.

- E com a emancipação política da cidade, José de Seixas Louzeiro, em 1.873, foi integrante da primeira Câmara Municipal de Corrente-PI.  Tendo: José de Seixas Louzeiro e Wenceslau da Cunha Ribeiro, sido (vereadores).

- Ainda, segundo o Livro Memorial, anteriormente, citado: A Família Louzeiro ao longo de quase 222 anos se entrelaçou, principalmente, com os “Avelinos”; “Ribeiros”; “Lopes” e “Cunha” que se espalhou por toda a região do Sul do Estado do Piauí.

 

Informações com colaboração de Uiliana Louzeiro

 

VEJAM MUITAS FOTOS NA GALERIA DAQUI A POUCO

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top