GERAL

Importanção de feijão não garantirá menor preço

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

 

A decisão do governo federal de incentivar o aumento da importação de feijão pode não contribuir para a queda no preço do produto nos próximos meses, segundo especialistas ouvidos pelo G1.

Eles apontam várias dificuldades para conseguir o barateamento, entre elas o fato de o Brasil ser o único produtor do feijão carioca, o tipo que está em falta. Ou seja, não é possível comprar lá fora.

Segundo a Embrapa, pelo menos 60% do feijão consumido no país é do tipo carioca. Mas problemas climáticos vêm atrapalhando a produção no Brasil.

De acordo com o IBGE, que mede a variação nas capitais, o preço do feijão subiu 33,49% no ano até maio. No acumulado dos últimos 12 meses até maio, a alta é de 41,62%.

Na visão dos especialistas, mantendo-se os preços altos, a tendência é que os consumidores optem pela troca do feijão carioca por outros tipos, entre eles o preto, ou então por lentilha e soja.

"[O aumento da importação de feijão] pode atenuar um pouco o desabastecimento que já existe. Mas a produção [do feijão carioca] só poderá ser regularizada na próxima safra, em 2017”, disse o presidente do Instituto Brasileiro do Feijão, Marcelo Eduardo Lüders.

fonte - G1

 

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top