POLÍTICA

Parecer pelo impeacheament é aprovado por 15 a 5

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

Por 15 votos a 5, a comissão especial que analisa o impeachment de Dilma Rousseff no Senado aprovou, nesta sexta-feira (06) o parecer do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG), favorável a continuação do processo contra a presidente.

Agora a decisão será publicada no Diário Oficial do Senado e encaminhada para votação no plenário da Casa.

Se a maioria simples dos senadores decidirem pela admissibilidade do processo, Dilma é afastada por 180 dias e Michel Temer assume como presidente interino. A data mais provável para essa votação é a próxima quarta-feira (11).

TRAMITAÇÃO
O processo de impeachment da presidente Dilma chegou ao Senado no dia 18 de abril, após ser aceito pela Câmara dos Deputados por 367 votos a 137. O documento manifestando a autorização da Câmara foi lido em Plenário no dia seguinte (19), dando início oficial à tramitação no Senado.

Na manhã do dia 19 o presidente da Casa, Renan Calheiros, conduziu reunião com os líderes partidários para combinar detalhes da formação da comissão especial. Ficou decidido que a composição do colegiado seria calculada a partir dos blocos partidários, e não das bancadas de cada legenda. Renan concedeu prazo de 48 horas para que os líderes indicassem os senadores que integrariam a comissão.

A Comissão Especial do Impeachment 2016 foi instalada no dia 26 de abril, uma terça-feira, quando Raimundo Lira foi eleito por aclamação como presidente. Ele rejeitou a questão de ordem da senadora Vanessa Grazziotin, argumentando que o coordenador jurídico do PSDB não participava da denúncia como autor.

Na mesma reunião, o senador Antonio Anastasia foi confirmado como relator, por 16 votos a 5. Ele apresentou plano de trabalho, prevendo audiências com os acusadores, o Advogado-Geral da União e especialistas convidados pelos dois lados. Anastasia também marcou para o dia 6 de maio a apresentação do relatório final.

A primeira sessão de debates da comissão especial aconteceu no dia 27. Ao longo de mais de três horas, os senadores falaram das acusações constantes da denúncia contra a presidente Dilma Rousseff.

 

Fonte: Exame e Agência Senado

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top