POLÍTICA

Repercussão sobre a saída do PMDB do governo

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

O Diretório Nacional do PMDB decidiu nesta terça-feira (29), por aclamação, romper oficialmente com o governo da presidente Dilma Rousseff. Na reunião, a cúpula peemedebista também determinou que os seis ministros do partido e os filiados que ocupam outros postos no Executivo federal entreguem seus cargos. A decisão repercutiu imediatamente no Congresso Nacional entre integrantes da base aliada e da oposição.

Veja o que disseram parlamentares sobre o rompimento do PMDB com o governo:

Senador Álvaro Dias (PV-PR), líder do PV no Casa
"Isso facilitará também um espaço maior para o balcão de negócios. Lamentavelmente, isso proporciona uma tentação a corrupção, já que quem preside o país terá que negociar individualmente os votos até pra se safar do processo de impeachment."

Deputado Antonio Imbassahy (BA), líder do PSDB na Câmara
“Essa decisão do PMDB reforça o impeachment. O governo estava em agonia e perde o principal parceiro que dá sustentação a ele. Quando o PMDB desembarca, ele vai arrastando os deputados de outros partidos. Sobre a proposta de buscar apoios individuais em troca de cargo, uma presidente que começa como faxineira [da corrupção] e termina negociando cargo por um votinho, é melancólico.”

Deputado Afonso Florence (PT-BA), líder do PT na Câmara
“Tem golpe hoje no Brasil e o nome dele agora é impeachment. E tem de patrocinador Michel Temer, que posava de jurista e agora é golpista. [...] Até onde acompanhei pela imprensa nem todo o PMDB estava lá. Temos que esperar o resultado político. Há ministros e deputados que tem que se pronunciar. O governo, o  PT e todos os defensores da democracia rechaçam o impeachment. Esperamos que parlamentares do PMDB na Câmara também o façam.”

Deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara
"Acho que tem que separar muito bem a decisão do PMDB de sair, que eu defendo antes de ser protocolado o pedido de impeachment, da situação de que está saindo por causa de um processo de impeachment. O PMDB tinha que sair de qualquer maneira, tendo ou não tendo impeachment, passando ou não passando [o impeachment], o PMDB tem que buscar o seu caminho. [...] A maioria [dos deputados], na realidade, o governo já não tem aqui há muito tempo, é só examinar as votações que existiam aqui na Casa. Bastava ter qualquer tema relevante, o governo sempre perdia. Na verdade, metade do PMDB já estava fora. O que vai acontecer é que agora vai, institucionalmente, talvez o restante vá.”

Senador Humberto Costa (PT-PE), líder do governo na Casa
"Naturalmente que quem dá apoio gosta e pretende participar desse ato de governar. Então é possível que nós venhamos a buscar outros parceiros, mesmo além daqueles que já estão conosco para que possam compor essa base de sustentação."

 Deputado Pauderney Avelino (DEM-AM), líder do DEM na Câmara
"O governo está em estado terminal e o PT está se acabando. Agora, com a saída do PMDB do governo, não resta mais nada para a presidente Dilma Rousseff a não ser renunciar e nos poupar tempo."

Deputado Sílvio Costa (PTdoB-PE), vice-líder do governo na Câmara
“O homem covarde jamais deixará de ser covarde e nunca será homem. Quero começar me dirigindo ao vice-presidente Michel Temer. Acho que hoje ele prestou um grande serviço ao Brasil. Sabe por quê? Porque a partir de hoje ele começou a fazer às claras o que ele já fazia às escondidas, que era conspirar. Antes a gente sabia que ele estava conspirando, mas estávamos impedidos de jogar, porque poderíamos ficar como vilão.”

Deputado Wadih Damous (PT-RJ), vice-líder do PT na Câmara
"A decisão do PMDB é parcialmente verdadeira, porque há setores do PMDB que são contrários. Foram notáveis, mais do que as presenças, as ausências, por exemplo do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do [ex-presidente] José Sarney e do líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani. Alguns ministros do PMDB já declararam que não querem deixar o governo e são contra essa decisão. Então, essa é uma questão que ainda deverá ter desdobramentos nos próximos dias."

 

Fonte - G1

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top