GERAL

Dilma quer CPMF

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

Segundo a presidente, volta do tributo irá 'estabilizar as contas públicas'.
Ela disse que saída de ministro da Fazenda não chegou a ser discutida.

A presidente Dilma Rousseff afirmou neste domingo (18) que a volta da CPMF é "crucial para o país voltar a crescer" e para reequilibrar as contas públicas do país. Ela também rebateu as críticas do presidente do PT, Rui Falcão, que defendeu a saída do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e disse que ele continua no cargo.

"O Brasil precisa aprovar a CPMF para que a gente tenha um ano de 2016 estável, do ponto de vista do reequilíbrio de nossas finanças", afirmou a presidente. "Nós acreditamos que a CPMF é crucial para o país voltar a crescer", completou depois.

"Estabilizar as contas públicas para quê? Para que o país volte a crescer, para que se perceba que o Brasil tem uma solidez fiscal que vai permitir que nós… Sem a CPMF isso é muito difícil, não vou dizer assim é ‘impossível’. Vou te dizer o seguinte: está no grau de dificuldade máximo. A CPMF é crucial para o país", disse.

Sobre a permanência de Levy no governo, Dilma disse que a opinião do presidente do PT não era a do governo. Em entrevista publicada na edição deste domingo do jornal "Folha de S. Paulo", Falcão defendeu que haja uma mudança na política econômica ou a eventual substituição de Levy, caso ele não siga a orientação de Dilma na área. A sexta-feira (16) foi um dia de fortes rumores sobre a permanência dele no cargo, com reflextos até nos mercados.

"Eu acho que o presidente do PT pode ter a opinião que ele quiser. Não é a opinião do governo. Então, a gente respeita a opinião do presidente do PT, até porque ele é o presidente do partido que integra a base aliada, do partido mais importante, mas isso não significa que ela seja a opinião do governo", disse também a presidente.

Questionada sobre uma reunião com o ministro na última sexta, Dilma negou que uma eventual saída dele do cargo tenha sido discutida. "Não tocou-se nesse assunto. Não tinha nenhuma insatisfação dele, até porque essa entrevista [de Rui Falcão] não tinha ocorrido", afirmou.

Fone - G1

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top