POLICIA

Preso em Curimatá diz que quando for solto voltará para matar delegado

Votos de utilizador:  / 1
FracoBom 

O delegado de Curimatá, Moisés Aragão Linhares, informou nesta quinta-feira (29) ao Cidadeverde.com que foi ameaçado de morte por um dos presos durante operação no município, que fica a 775 km de Teresina.

As Policias Civil e Militar desarticularam uma quadrilha especializada em explosões a banco. Uma banana de dinamite com capacidade para explodir três bancos foi apreendida.

A ameaça ao delegado ocorreu dentro da delegacia de Curimatá. Um dos presos afrontou o delegado e disse que se for solto irá matar os policiais envolvidos na operação.

“O preso disse que ao ser solto ia para São Paulo comprar uma arma e matar o policial que lhe prendeu. Eu fiz a sua prisão e ele fez ameaça olhando para mim. Não reagir porque não vale a pena”, disse o delegado.

Seis pessoas foram presas. Uma foi liberada – um comerciante – após pagamento de fiança no valor de R$ 3.400,00.

© Portal F10 todos os direitos reservados www.portalf10.com.br. Desenvolvido por: Uilhia net Web designer
Back to top